de olho no mensalão

pelo Movimento 31 de julho

O Mensalão e o ministro Dias Toffoli – impedido

NOSSA OPINIÃO

Lamentável. Definitivamente Toffoli não podia ter participado deste julgamento. Ele deveria ter se declarado impedido – seria mais honesto e o que se espera de um ministro do Supremo. E por que os outros ministros não impediram?

Merval Pereira comentou em seu artigo “Duas Medidas” (aqui),”que o ministro Dias Toffolli há dois anos condenou o deputado Natan Donadon do PMDB de Rondonia, a penas tão duras quanto as que estão sendo dadas hoje pelo Supremo Tribunal Federal para os réus do mensalão (o que) joga por terra seu discurso, que agora se prova oportunista e demagógico, contra a pena de privação de liberdade para crimes que não sejam de sangue. Diante de seu voto anterior, ficou claro que seu discurso alegadamente humanitário tinha apenas um objetivo: defender que os réus do mensalão não fossem condenados à cadeia.(…) A defesa de pena pecuniária para os crimes cometidos no mensalão chamou a atenção novamente para sua presença polêmica no julgamento e no próprio STF, e a descoberta de que ele já fez o que criticou no mensalão só confirma a suspeita de que ele deveria ter se poupado dessa atuação.”

Ora, não há a menor dúvida, e todos puderam acompanhar com total transparência via transmissão do julgamento pela TV, que Toffoli está totalmente comprometido e empenhado em favorecer especialmente o ex-ministro José Dirceu, entre outros. Além de todos os fatos agora conhecidos, sua espantosa incoerência e outros indícios percebidos, seu discurso contraditório e fraquíssimo na 5a feira última se dizendo “contemporâneo” (??!!) e reclamando que as penas estavam pesadas foi um acinte.

Ele normalmente já é muito fraco e inseguro, pois obviamente, ao lado de um Celso de Mello, um Marco Aurélio e até do Fux, ministro mais novo, ele fica patético. E agora – certamente sob a pressão gigantesca que deve estar sofrendo… enfim -, preferiu afrontar a justiça, seus pares e sociedade do que contrariar seus “amigos”. Um vexame.

Só nos resta esperar que este episódio sirva também de lição ao Senado para que exerça o seu papel e avalie com seriedade os futuros indicados ao STF.  

Inicio

Anúncios

Autor: deolhonomensalao

O MOVIMENTO 31 DE JULHO é o responsável por este blog. Desde meados de 2011 o movimento vem organizando e participando de manifestações contra a corrupção e a impunidade, tais como: passeatas, comícios e também ações na Internet, realizadas em conjunto com outros grupos do Rio de Janeiro e de todo o Brasil. Promoveu o abaixo-assinado – SOS_ STF- pelo julgamento do Mensalão, o Troféu Algemas de Ouro e a Campanha do Pega Ladrão. Vem contribuindo para causas vencedoras, como o reconhecimento da constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa, a confirmação do poder do CNJ de investigar e punir irregularidades no Judiciário e a confirmação do julgamento do Mensalão, a maior conquista da sociedade contra a impunidade.

Os comentários estão desativados.