de olho no mensalão

pelo Movimento 31 de julho

Mensalão: a dosimetria e a democracia.

NOSSA OPINIÃO

Hoje o dia ainda foi de muitos debates e bate bocas entre o relator Joaquim Barbosa e o revisor Ricardo Lewandowski. Depois de deixar claro seu empenho em diminuir as penas dos condenados, Lewandowski chegou a afirmar que as punições poderiam ficar estratosféricas – o que levou Joaquim Barbosa, em um gesto impensado, a indagar se ele advogava para os réus. Embora posteriormente Barbosa tenha lhe pedido desculpas em público, na verdade, essa impressão é unanime na população, tendo inclusive inspirado inúmeras piadas nas redes sociais, vide abaixo.

Ora, por que as penas neste julgamento gigantesco e emblemático não podem bater a estratosfera? Se sabemos que no Brasil, a custa de inúmeros recursos e advogados caríssimos que só os poderosos podem pagar, na prática, estes réus costumam cumprir parcela muito pequena das punições – isso tem que ser considerado! Queremos justiça efetiva! Do contrario, parecerá que até do STF eles se safam.

Por sorte, parece que assim que chegarem a um acordo metodológico, as sessões serão menos desgastantes, mais dinâmicas, justas e efetivas.

Hoje prevaleceu um entendimento, ao menos intermediário, e Marcos Valério, o mentor e um dos principais executores do mensalão, ficou com sua pena em cerca de 40 anos. Na prática ele cumprirá algo em torno de 6 anos numa prisão em regime fechado – punição risível para condenado de tanto peso. O que esperar para os condenados de menor peso? Sem falar na ridícula multa de R$ 2,783 milhões para quem desviou tanto dinheiro publico. É crime grave – desvio de dinheiro publico mata.

Aguardamos as próximas sessões e esperamos punições justas e compatíveis com o crime do Mensalão. Afinal, é bom lembrar que, embora o procurador Gurgel tenha dito que se tratou “do maior e mais atrevido esquema de corrupção no Brasil”, não foi só isso – houve também um crime pior e irreparável: uma tentativa de golpe contra a nossa democracia. Impensável. Democracia não tem preço.

Inicio

Anúncios

Autor: deolhonomensalao

O MOVIMENTO 31 DE JULHO é o responsável por este blog. Desde meados de 2011 o movimento vem organizando e participando de manifestações contra a corrupção e a impunidade, tais como: passeatas, comícios e também ações na Internet, realizadas em conjunto com outros grupos do Rio de Janeiro e de todo o Brasil. Promoveu o abaixo-assinado – SOS_ STF- pelo julgamento do Mensalão, o Troféu Algemas de Ouro e a Campanha do Pega Ladrão. Vem contribuindo para causas vencedoras, como o reconhecimento da constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa, a confirmação do poder do CNJ de investigar e punir irregularidades no Judiciário e a confirmação do julgamento do Mensalão, a maior conquista da sociedade contra a impunidade.

Os comentários estão desativados.