de olho no mensalão

pelo Movimento 31 de julho

Valeu, STF! – deu no JB

“Manifestantes apoiam e parabenizam condenações no julgamento do Mensalão” – via Jornal do Brasil, por Iris Marini – Rio de Janeiro, 21/10

Cerca de 70 pessoas participaram, na  manhã deste domingo, de uma passeata na orla do Leblon e Ipanema, promovida pelo Movimento 31 de Julho contra a corrupção e a impunidade, em apoio à conduta do Supremo Tribunal Federal (STF) no julgamento da ação penal 470, o mensalão.

Com cartazes onde se lia “Pega ladrão”, “Valeu, STF”, “O Brasil mudou, a pizzaria fechou”, entre outros dizeres, os participantes destacaram a atuação do ministro Joaquim Barbosa, relator do processo, assim como os demais envolvidos nas investigações de corrupção.

Integrantes do movimento venderam 50 máscaras do ministro Joaquim Barbosa para a população, que foi se integrando à passeata ao longo do caminho. Além disso, os representantes do 31 de julho expunham um cheque gigante fictício do banco “171”, da agência “13”, no valor de R$ 153 milhões de reais, assinado por “Lalau da Silva”. O valor, segundo os membros do movimento, seria a quantia que deverá ser devolvida ao governo, pelos políticos que participaram do mensalão. (…)

De acordo com Marcelo Medeiros, que também integra o movimento, uma das prioridades do grupo é que este estimule uma atitude “mais republicana e democrática do Poder Judiciário, no Brasil, que é muito duro com os pobres e protege os poderosos da sociedade”.

Leia matéria na integra aqui – com SENSACIONAL galeria de fotos

Inicio

Anúncios

Autor: deolhonomensalao

O MOVIMENTO 31 DE JULHO é o responsável por este blog. Desde meados de 2011 o movimento vem organizando e participando de manifestações contra a corrupção e a impunidade, tais como: passeatas, comícios e também ações na Internet, realizadas em conjunto com outros grupos do Rio de Janeiro e de todo o Brasil. Promoveu o abaixo-assinado – SOS_ STF- pelo julgamento do Mensalão, o Troféu Algemas de Ouro e a Campanha do Pega Ladrão. Vem contribuindo para causas vencedoras, como o reconhecimento da constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa, a confirmação do poder do CNJ de investigar e punir irregularidades no Judiciário e a confirmação do julgamento do Mensalão, a maior conquista da sociedade contra a impunidade.

Os comentários estão desativados.