de olho no mensalão

pelo Movimento 31 de julho

O Mensalão e as ratazanas

1 comentário

NOSSA OPINIÃO

Como diria o Barão de Itararé, de onde menos se espera é de lá que não vem nada mesmo. O voto de Lewandowski praticamente não trouxe surpresas. Além de parecer advogar em benefício de alguns réus, faltou pouco para propor a canonização do Genuíno – um santo, coitado. Já Delúbio Soares, como previsto, ficou no papel de boi de piranha. Para dar mais veracidade a essa versão, que preserva réus “interessantes”, juntamente com Marcos Valério ele é, supostamente, o “mentor” do mensalão. Não, isso não é piada de salão.

Por sorte, e como sempre, Joaquim Barbosa fez um relato dos acontecimentos absolutamente convincente. Deduziu e fez observações indiscutivelmente lógicas, tais como: que empréstimo é esse que só é quitado 7 anos depois? Justamente nas vésperas do inicio do julgamento? Finalmente, com relação a José Dirceu, ele concluiu que “o conjunto probatório contextualizado pela realidade fática (…) coloca o então ministro-chefe da Casa Civil em posição central, posição de organização e liderança da prática criminosa, como mandante das promessas de pagamentos de vantagens indevidas aos parlamentares que viessem a apoiar as votações do seu interesse.” Irretocável.

De curioso, notou-se da parte de Lewandowski uma estratégia midiática: apresentou ainda hoje, e rapidamente, o seu voto, de forma a dividir o noticiário com J.Barbosa, atenuando as suas acusações. E ainda contou a fábula do elefante e dos cegos para ilustrar o seu voto.

Ora, elefante que nada. O figurino deste mensalão veste melhor as ratazanas.

Inicio

Anúncios

Autor: deolhonomensalao

O MOVIMENTO 31 DE JULHO é o responsável por este blog. Desde meados de 2011 o movimento vem organizando e participando de manifestações contra a corrupção e a impunidade, tais como: passeatas, comícios e também ações na Internet, realizadas em conjunto com outros grupos do Rio de Janeiro e de todo o Brasil. Promoveu o abaixo-assinado – SOS_ STF- pelo julgamento do Mensalão, o Troféu Algemas de Ouro e a Campanha do Pega Ladrão. Vem contribuindo para causas vencedoras, como o reconhecimento da constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa, a confirmação do poder do CNJ de investigar e punir irregularidades no Judiciário e a confirmação do julgamento do Mensalão, a maior conquista da sociedade contra a impunidade.

Um pensamento sobre “O Mensalão e as ratazanas

  1. Essa história de inocentar Genuino e, provavelmente o Dirceu, é piada de mau gosto. Mesmo sendo leigo, que é o meu caso, não dá para crer nessa versão do Ministro Revisor, em determindados momentos ele parece mais um defensor que um juiz!