de olho no mensalão

pelo Movimento 31 de julho

Mensalão: A Ponta do Iceberg

1 comentário

NOSSA OPINIÃO

Certa vez, escutei de um experiente criminalista capixaba a seguinte frase: “no Brasil, todo réu condenado é um azarado!”. Curioso, perguntei o porque dessa afirmação e a explicação veio em seguida: “de todos os crimes praticados, somente 10% chegam ao conhecimento da Polícia para investigações e tornam-se inquéritos; desses inquéritos policiais, somente chegam às barras dos tribunais, cerca de 10% com indiciamento de réus; e na Justiça, somente cerca de 10% das ações resultam em efetivas condenações. Logo, fazendo a contas, chega-se à conclusão de que só 0,1% dos criminosos são condenados. Conclusão, se alguém praticar um crime, tem uma chance em mil de ser efetivamente apenado, e esse sujeito é realmente um azarado, você não acha?”.

A matéria de capa do Globo de domingo, 16/09/12, dá conta de que os desdobramentos do mensalão – ação penal 470 do STF com 38 réus – apontaram mais 80 réus indiciados em outros 45 processos ainda em curso nas diversas instâncias judiciais. Não é preciso fazer contas para concluir que os crimes do mensalão deixaram de fora muito mais réus que os relacionados na reportagem.

Estatísticas à parte, o réu Marcos Valério já deve ter percebido que é mesmo um tremendo azarado! Resta-lhe cumprir as penas a que for condenado e resgatar sua imagem junto à família, aos amigos e à sociedade brasileira contando à Justiça o que realmente sabe, ao menos, sobre a “ponta do iceberg” em julgamento no STF.

Inicio

Anúncios

Autor: deolhonomensalao

O MOVIMENTO 31 DE JULHO é o responsável por este blog. Desde meados de 2011 o movimento vem organizando e participando de manifestações contra a corrupção e a impunidade, tais como: passeatas, comícios e também ações na Internet, realizadas em conjunto com outros grupos do Rio de Janeiro e de todo o Brasil. Promoveu o abaixo-assinado – SOS_ STF- pelo julgamento do Mensalão, o Troféu Algemas de Ouro e a Campanha do Pega Ladrão. Vem contribuindo para causas vencedoras, como o reconhecimento da constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa, a confirmação do poder do CNJ de investigar e punir irregularidades no Judiciário e a confirmação do julgamento do Mensalão, a maior conquista da sociedade contra a impunidade.

Um pensamento sobre “Mensalão: A Ponta do Iceberg