de olho no mensalão

pelo Movimento 31 de julho

Mensalão e sua gestão financeira

1 comentário

NOSSA OPINIÃO

Aos pouco atentos, depois de ter amargado desagradáveis comentários à sua atuação na “defesa” do réu João Paulo Cunha, o ministro Lewandowski pareceu ter mudado sua linha de raciocínio e, para se preservar, teria apoiado, na íntegra, o relator Joaquim Barbosa na apreciação das acusações da “fatia” Banco Rural.

Uma leitura mais apurada de seu voto, possível apenas pelo olhar acurado de um causídico, confirma que, de fato, houve uma mudança, mas nem tanto como pareceu à primeira vista. O detalhe técnico, a distinguir as posições convergentes dos dois principais atores neste julgamento, está na distinção doutrinária entre “gestão fraudulenta”, que tipifica o crime e “gestão temerária”, que, por si só, não o configura.

A sutileza da fundamentação que anestesiou a opinião pública e de boa parte da mídia, certamente será percebida pelos demais membros daquela corte, composta por experientes profissionais com profundo domínio do “juridiquez” e, por tanto, imunes a tais cascas de bananas.

Mas, como toda regra tem exceção, receia-se pelo Toffoli.

Anúncios

Autor: deolhonomensalao

O MOVIMENTO 31 DE JULHO é o responsável por este blog. Desde meados de 2011 o movimento vem organizando e participando de manifestações contra a corrupção e a impunidade, tais como: passeatas, comícios e também ações na Internet, realizadas em conjunto com outros grupos do Rio de Janeiro e de todo o Brasil. Promoveu o abaixo-assinado – SOS_ STF- pelo julgamento do Mensalão, o Troféu Algemas de Ouro e a Campanha do Pega Ladrão. Vem contribuindo para causas vencedoras, como o reconhecimento da constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa, a confirmação do poder do CNJ de investigar e punir irregularidades no Judiciário e a confirmação do julgamento do Mensalão, a maior conquista da sociedade contra a impunidade.

Um pensamento sobre “Mensalão e sua gestão financeira

  1. “Mas, como toda regra tem exceção, receia-se pelo Toffoli.”…muito bom rs