de olho no mensalão

pelo Movimento 31 de julho

O Mensalão e o julgamento do STF

O STF julgará o mensalão. E a opinião pública julgará o STF?

Segundo o Estado de São Paulo, a ministra Eliana Calmon, corregedora nacional da Justiça, teria afirmado que “há por parte da Nação uma expectativa muito grande“, e que “o Supremo está tendo o seu grande julgamento ao julgar o mensalão”.(…)

O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, teria reagido como um “Quem é ela para dizer que seremos julgados?” E foi além: “O Supremo não é passível de sugestões, muito menos de pressões. Uma corregedora-geral chegar ao ponto de dizer que seremos julgados não contribui para o engrandecimento das instituições. Evoca uma pressão. O que se espera, de fato, é que o julgamento fique exclusivamente restrito ao que os autos contêm. Manifestações desse tipo criam toda uma excitação“.

Que pressões?(…)

O STF será, sim, julgado aos olhos da sociedade TAMBÉM pelo julgamento do mensalão. Ou o ministro acha que os julgamentos do STF são imunes à críticas de nós, jurisdicionados? As decisões são soberanas e devem ser cumpridas, porém não estão isentas de críticas. A ministra não disse como o STF deve julgar, apenas estabeleceu o óbvio: que a sociedade está vigilante e aguarda – aliás, já está cansada de aguardar – o julgamento de um caso emblemático. A verdade será revelada nos votos de cada um dos ministros.(…)

Muito mais sereno, o ministro Gilmar Mendes observou que o STF sempre está sob julgamento, e não apenas nesse caso. É isso. Vamos ao julgamento, por favor.”

Leia mais essa excelente publicação de Renato Pacca aqui

Inicio

Anúncios

Autor: deolhonomensalao

O MOVIMENTO 31 DE JULHO é o responsável por este blog. Desde meados de 2011 o movimento vem organizando e participando de manifestações contra a corrupção e a impunidade, tais como: passeatas, comícios e também ações na Internet, realizadas em conjunto com outros grupos do Rio de Janeiro e de todo o Brasil. Promoveu o abaixo-assinado – SOS_ STF- pelo julgamento do Mensalão, o Troféu Algemas de Ouro e a Campanha do Pega Ladrão. Vem contribuindo para causas vencedoras, como o reconhecimento da constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa, a confirmação do poder do CNJ de investigar e punir irregularidades no Judiciário e a confirmação do julgamento do Mensalão, a maior conquista da sociedade contra a impunidade.

Os comentários estão desativados.