de olho no mensalão

pelo Movimento 31 de julho

Mensalão: Sociedade acompanha o julgamento

“O Estado de S.Paulo

Mensalão: Sociedade se organiza para acompanhar julgamento

A menos de um mês para o julgamento do mensalão, a sociedade civil se organiza para acompanhar e repercutir a decisão sobre o maior caso de corrupção do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. É o caso do blog ‘De olho no mensalão‘ (…) do Movimento 31 de julho.

De acordo com Ana Luiza, a ideia é, com base nas notícias sobre o caso, emitir opiniões diárias e deixá-las no blog.  ”Sempre que houver sessão no STF ou seja relevante, vamos alinhar nossa opinião e comentar em cerca de 10 linhas o cenário, os acontecimentos, a nossa expectativa quanto ao julgamento”, explica.

Abaixo-assinado. O Movimento 31 de julho e as entidades Transparência Brasil e Contas Abertas, coletaram assinaturas para um abaixo-assinado e enviaram ao STF pedindo o julgamento do processo do mensalão.

Com 37 mil assinaturas, sendo 24 mil provenientes da internet, o manifesto dirigido ao presidente do Supremo, ministro Carlos Ayres Britto, destacava a preocupação com a “possibilidade de prescrição, no todo ou em parte, de alguns crimes objetos daquela ação penal, situação já aventada publicamente por alguns consagrados juristas” (…)”

Leia a matéria completa aqui

Inicio

Anúncios

Autor: deolhonomensalao

O MOVIMENTO 31 DE JULHO é o responsável por este blog. Desde meados de 2011 o movimento vem organizando e participando de manifestações contra a corrupção e a impunidade, tais como: passeatas, comícios e também ações na Internet, realizadas em conjunto com outros grupos do Rio de Janeiro e de todo o Brasil. Promoveu o abaixo-assinado – SOS_ STF- pelo julgamento do Mensalão, o Troféu Algemas de Ouro e a Campanha do Pega Ladrão. Vem contribuindo para causas vencedoras, como o reconhecimento da constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa, a confirmação do poder do CNJ de investigar e punir irregularidades no Judiciário e a confirmação do julgamento do Mensalão, a maior conquista da sociedade contra a impunidade.

Os comentários estão desativados.